Termos de Uso

Em conformidade com a Lei informamos que a propriedade do domínio, www.narrativaobvia.pt pertence a SANDRA FLORA SOUSA. Para mais informações, entre em contato por info@narrativaobvia.pt ou pelos telefones +351 916 811 639 e +351 915 677 613. Poderemos a qualquer momento, e, sem aviso prévio, alterar estes termos e condições gerais de utilização. As imagens dos produtos (livros) apresentados no site representam o estado em que o livro ou produto se encontra. Em caso de dúvida ou discrepância entre a imagem do produto e a descrição, deverão sempre prevalecer as informações fornecidas na descrição do produto. Os preços apresentados já incluem o IVA à Taxa em vigor.

Responsabilidade narrativaobvia.pt

Os produtos apresentados no site estão em conformidade com a legislação portuguesa. Não nos responsabilizamos pelo uso indevido do sitio www.narrativaobvia.pt, assim como, por danos que possam resultar de interferências, omissões, interrupções, vírus informáticos, avarias e / ou desconexões no funcionamento do sistema eletrônico ou eletrodomésticos e computadores de clientes ou visitantes, motivados por factos ou acontecimentos alheios à narrativaobvia.pt. A narrativaobvia.pt não pode em quaisquer circunstâncias garantir que clientes ou visitantes utilizarão o sitio de acordo com a Lei, com estas Condições Gerais, os bons costumes e a ordem pública.

Obrigações dos clientes e visitantes

Em geral, o cliente concorda em cumprir com estes termos e agir de acordo com a lei, a moral e os requisitos de boa fé, usando a devida diligência. O cliente concorda com a entrega de informações solicitadas facilitando um endereço para entrega das mercadorias pretendidas dentro do horário regular de entrega dos produtos. Se existir incumprimento do cliente nessa obrigação a narrativaobvia.pt não terá nenhuma responsabilidade por atrasos ou falta de entrega dos produtos pretendidos pelo cliente.

Lei aplicável

As compras feitas na www.narrativaobvia.pt estão sujeitas à legislação portuguesa. Em caso de qualquer litígio ou discrepância na interpretação da aplicação destas cláusulas contratuais, o Tribunal competente será o Tribunal da Maia com renúncia de qualquer outro.

Entidade de resolução alternativa de litígios de consumo

De acordo com a Lei nº 144/2015 informamos que, em caso de litígio, o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo: Rua Damião de Gois, 31 – Loja 6 4050-225 Porto Telf.:225 508 349 / 225 029 791 / Fax: 225 026 109 E-mail: cicap@cicap.pt / Web: www.cicap.pt Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt.
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!